PORTA CRACHÁ ESPECIAL: PODENDO SER USADO TAMBÉM FORA DO SERVIÇO (COM SEGURANÇA)

2
267
Conheça projeto inovador criado por Davi Passos que visa proteção de dados dentro e fora da empresa ou serviço

Você, trabalhador, já pensou que pode prejudicar sua segurança pessoal simplesmente por usar seu crachá? Pois é, as informações pessoais contidas nos crachás exibidas em público podem servir de material para pessoas mal intencionadas que buscam informações privilegiadas para cometer crimes com ou sem violência.

Pensando nisso, o servidor público e inventor Davi Passos decidiu, ao ter um insight quando viu uma pessoa guardar seu crachá no bolso em um ponto de ônibus, criar uma solução para impedir que outros olhassem os dados mais sensíveis do cidadão: o Porta Crachá Especial – Podendo ser usado também fora do serviço (com segurança).

O porta crachá desenvolvido por Davi é composto por uma lâmina de base ligada a uma lâmina de suporte receptora do crachá, sendo que, por essa base, tal suporte é passível de ser travado, destravado e movido. Depois de destravado o suporte é levado à face na qual estão expostos os dados e então é travado e encaixado no crachá, ocultando seus dados quando o suporte encontra a face oposta da base.

Também, por possibilitar a mobilidade do suporte, o trabalhador pode manter o crachá no peito normalmente preso por cordão e presilha, em posição vertical ou horizontal, sem necessidade de retirá-lo e, assim, evitando a perda do identificador.

Observe abaixo imagens que ilustram perfeitamente o Porta Crachá – Podendo ser usado também fora do serviço (com segurança), criado por Davi Passos:

 

 

 

 

 

 

 

 

Davi Passos é filiado à Associação Nacional dos Inventores e pioneiro no invento do porta crachá seguro, sendo o único proprietário desse projeto. Com muito estudo de mercado e público, Davi Passos aposta no caráter inovador e funcional de sua criação.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada com o intuito de divulgar as invenções brasileiras a fim de encontrar parceiros para colocar as ideias no mercado.

Os inventores recebem todo o apoio comercial e jurídico na hora de registrar suas invenções e é
 claro, na hora de negociá-las com possíveis empresas e investidores. A empresa atua há mais de 30 anos no mercado, fazendo o trabalho de intermediação, na hora de registrar e na hora de negociar as inovações criadas por brasileiros.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabens a Associacao Nacional dos Inventores, ANI – e a mim mesmo por ter voces ao meu lado nessa relacao de ganha ganha – na divulgacao da minha Invencao.

    Eu sempre tive as melhores expectativas sobre a familia da ANI. Mais elas forsm e estao sendo superadas.

  2. Parabens a todos da Associacao Nacional dos Inventores ( ANI) pelo belo trabalho de divulgacao do meu invento.

    E eu ( tambem) estou de parabens por ter voces ao meu lado nessa parceria. As minhas expectativas sempre foram as melhores posiveis.

    Mas elas foram (e estao sendo) superadas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO