PETCONECT: Inovação e sustentabilidade em invenção criada por brasileiro!

0
45

Uma simples adaptação feita em garrafas pets, abrirá inúmeras possibilidades de criação de novos produtos e várias formas de utilização.

As garrafas pets são conhecidas em todo o mundo e são utilizadas diariamente por diversos usuários. Pesquisas mostram que mais de 10 milhões de garrafas pets são fabricadas todos os dias e o consumo é muito rápido. O preocupante disso tudo é o tempo em que se leva para uma garrafa se decompor, demora séculos e é claro, isso gera grandes impactos no meio ambiente.

Pensando nisso, um observador deste mercado ficou incomodado com esse quadro, foi então que o inventor Samuel Gustavo dos Santos Furquim, afiliado à Associação Nacional dos Inventores (ANI), criou o “Petconect”, trata-se de uma adaptação feita na própria garrafa pet que conecta uma garrafa à outra e permite o próprio usuário criar, transportar e armazenar diversos líquidos de uma única vez.

O projeto é totalmente ajustável e flexível, pois o usuário poderá conectar quantas garrafas precisar, de uma forma simples, prática e totalmente acessível.

De acordo com o inventor, o que o motivou a criar este produto foi para “Promover a sustentabilidade e dar oportunidade à todas as classes desfrutar de um produto capaz de produzir peças variadas e objetos úteis e satisfatórios para o dia a dia, gerando economia, renda, praticidade e qualidade de vida” afirma Samuel.

A conexão é feita através de rosca e permite rosquear, de forma direta e prática, uma garrafa à outra, possibilitando variáveis utilizações, com possibilidades infinitas de produção de novas peças, podendo variar entre brinquedos, móveis, objetos de lazer e decoração, esportes náuticos, indústria, aplicação hidráulica, dentre muitos outros. E o melhor de tudo, reduzindo o impacto ambiental, com baixíssimo ou quase nenhum custo.

O Petconect ou “DISPOSIÇÃO APLICADA EM GARRAFA PET COM CONEXÃO”, como é conhecido tecnicamente, já foi registrada junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) por Samuel. Hoje, ele busca por investidores para produzir e comercializar o invento por meio do licenciamento ou venda da patente.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada com o intuito de divulgar as invenções brasileiras, a fim de encontrar parceiros para colocá-las no mercado. Os inventores recebem todo o apoio comercial e jurídico na hora de registrar suas invenções e, também, na hora de negociá-las com possíveis empresas e investidores.

Sitewww.inventores.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO