Inventores inovam com “Barco Zeropé” – Patente Registrada

0
1147

Embarcação de fibra de vidro pode ser usada a partir dos níveis mais rasos

Embarcações de médio e grande porte não navegam próximo à margem – não havendo uma marina ou um deque, os usuários precisam de um barco de menor porte ou jet-skis para chegar até elas. Os inventores Fernando Rodrigues de Mendonça Filho e Raul Fernando Garcia Alves, afiliados à Associação Nacional dos Inventores (ANI), criaram o “Barco Zeropé” para atender essa demanda.

O “Barco Zeropé” possui casco de fibra de vidro e motor embutido, além de hélice protegida para evitar acidentes. A embarcação comporta até duas pessoas por vez, tendo capacidade comprovada para até 200kg de carga.

“Um barquinho de pesca de alumínio, se for um pouco maior, já precisa ser guardado em uma marina. O nosso é mais barato que um jet-ski e não precisa de uma carreta para ser transportado – ele pode ser levado no teto do carro, ou até mesmo de moto! E ele é tão compacto que pode ser guardado na garagem de casa ou no apartamento”, comenta Fernando.

O público-alvo do “Barco Zeropé” são pessoas que praticam a navegação por lazer ou trabalho de pequeno porte, como no caso das comunidades ribeirinhas.

A inspiração, segundo Fernando, surgiu a partir do caso de um conhecido que possuía um iate e precisava de uma embarcação auxiliar porque a embarcação não podia se aproximar a menos de 200m da praia. “Queríamos criar uma algo que permitisse ao usuário ter autonomia para acessar sozinho sua própria embarcação”, conta ele.

O “Barco ZeroPé” já foi registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) por Fernando e Raul. Atualmente, eles buscam por investidores para produzir e comercializar o projeto, seja por meio de licenciamento.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado.

Site: www.inventores.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO