Invenções criadas por mulheres que foram um sucesso

0
66

No Dia Internacional da Mulher, celebramos as inventoras brasileiras mostrando algumas de suas mais importantes invenções.

Escorredor de arroz

O escorredor de arroz foi inventado por Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich, em 1959. Ela teve essa ideia porque estava cansada de ter o ralo da pia entupido pelos grãos de arroz que caiam quando eram lavados. Esse utensílio de cozinha é uma mistura de bacia com uma peneira em uma de suas extremidades, permitindo que toda a água escorra sem que o alimento vá junto. Zorowich patenteou sua invenção e licenciou-a para a empresa Trol S/A.

Orelhão

Nascida na China e naturalizada brasileira, Chu Ming Silveira foi a responsável pela concepção dos protetores telefônicos públicos, conhecidos popularmente por “Orelhão”. Ela desenvolveu a ideia quando era chefe do Departamento de Projetos da Companhia Telefônica Brasileira em 1971. Com o objetivo de ter funcionalidade com beleza, Chu Ming escolheu o formato oval, que ajudava na acústica.

Mostrador Virtual

A empresa Magazine Luiza foi inovadora no comércio eletrônico do Brasil, quando, em 1992, Luiza Helena Trajano usou terminais multimídia para expor os produtos, em vez dos tradicionais mostruários físicos. Essas lojas virtuais principiantes eram espaços em que os vendedores mostravam os produtos disponíveis por meio de CD-ROM.

Musibraille

O Musibraille é um programa de computador que traduz partituras musicais em braille. Ele foi desenvolvido pela professora de música Dolores Tomé, em conjunto com os professores José Antônio Borges e Moacyr de Paula Rodrigues Moreno. Pioneiro na língua portuguesa, o projeto possibilita maior inclusão de deficientes visuais na aprendizagem de música.

Você também é uma inventora? Venha conversar com a Associação Nacional dos Inventores sobre sua invenção!

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO