DEAL!

0
70

Novo projeto de APP que intermedia negociações imobiliárias e automotivas visando a maior segurança e praticidade na hora da compra

Quando se lida com negociações de bens de alto valor, como carros e imóveis, é certo que haja um cuidado extremo com documentos, dinheiro e a legalidade do processo, o que causa desconfiança em ambas as partes, principalmente quando se trata de uma negociação à distância ou quando nenhum dos participantes se conhece. Também há o fato de o sistema utilizado ao se negociar automóveis e imóveis é ainda muito atrasado e extremamente burocrático perante a tecnologia disponível atualmente.

Com uma solução inovadora para essa questão, Alexandre Silva Melo desenvolveu o aplicativo “DEAL!”. O APP funciona de maneira fácil e intuitiva, oferecendo uma plataforma de confiabilidade para ambas as partes, comprador e vendedor, evitando que haja desconfiança, intermediações por gerentes pessoalmente ou burocracias desnecessárias.

A plataforma digital mantem o valor da negociação em custódia até que o vendedor escaneie os documentos apropriados e os envie para o comprador, comprovando a legitimidade do negócio. O comprador dá o aval através do app para que o dinheiro seja liberado para a conta do vendedor, que, por fim, entrega o documento original assinado ao comprador, finalizando o processo e a negociação.

DEAL!”, já possui registro de Copyright. Hoje, Alexandre busca por investidores para produzir e comercializar o invento por meio do licenciamento ou venda da patente.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada com o intuito de divulgar as invenções brasileiras a fim de encontrar parceiros para colocar as ideias no mercado. Os inventores recebem todo o apoio comercial e jurídico na hora de registrar suas invenções e é claro, na hora de negociá-las com possíveis empresas e investidores. A empresa atua há mais de 30 anos no mercado, fazendo o trabalho de intermediação, na hora de registrar e na hora de negociar as inovações criadas por brasileiros.

DEIXE SEU COMENTÁRIO