PORTA CRACHÁ ESPECIAL: COMO SERVIDOR PÚBLICO BRASILEIRO CRIOU INOVAÇÃO EM PROTEÇÃO DE DADOS DO USUÁRIO

0
79

Saiba como Davi Passos criou seu projeto e quais seus objetivos e aspirações

Quando se fala em inovação, muito se pensa que para ter uma ideia brilhante e funcional é exigido um alto grau de dificuldade. Enganam-se. As inspirações para projetos inovadores surgem do dia a dia, do prestar atenção aos detalhes que, por vezes, passam despercebidos. Davi Passos nos prova isso com sua criação, o Porta Crachá Especial: podendo ser usado também fora do serviço ( Com Privacidade).

Ao ver uma pessoa, esperando o ônibus, colocar seu crachá no bolso da camisa, Davi teve um insight natural. Percebendo que tal pessoa guardou o identificador para impedir que outros, sejam mal intencionados ou apenas curiosos, vissem seus dados mais sensíveis (nome, CPF, matrícula, setor onde trabalha etc.), o inventor e servidor público teve uma grande ideia.

Depois, com um projeto já idealizado, pesquisou o mercado, oportunidades, potenciais produtores e consumidores (tudo de maneira sigilosa) para que, enfim, registrasse seu projeto no INPI.

O Porta Crachá Especial: podendo ser usado também fora do serviço (com segurança) leva esse nome por se tratar de um produto diferente dos porta crachás existentes. Ele pode ser utilizado normalmente durante o expediente e, quando o usuário deixar seu ambiente profissional, ele poderá bascular o crachá para parte de trás do Porta Crachá Especial, assegurando a proteção de seus dados.

Davi Passos conseguiu transformar um insight tido num acontecimento do dia a dia em uma ideia inovadora e uma oportunidade para negócios, e nos prova que com o direcionamento certo, todos podemos conseguir tal feito. Por isso a ANI continua apoiando seus inventores e acreditando no poder da inovação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO