“Higienizador de patas portátil” é a nova aposta do setor pet

0
1098

Inventora cria produto para cuidar de cães e gatos após os passeios

O Brasil é o terceiro mercado no mundo no setor pet, ficando atrás apenas de Estados Unidos e Reino Unido, segundo a Abinpet. Parte desse sucesso se dá porque os inventores brasileiros criam soluções para alimentar as necessidades dos dedicados cuidadores de pets. Um exemplo disso é Maria de Fátima de Oliveira, afiliada à Associação Nacional dos Inventores (ANI), que criou o “higienizador de patas portátil”, para atender aqueles que costumam passear os bichinhos na rua.

O “higienizador de patas portátil” é um recipiente de formato cilíndrico, com tamanhos variados conforme os diversos portes de cães. As paredes do compartimento interior contém cerdas removíveis, que podem ser higienizadas ou trocadas. Há ainda um eixo inferior giratório, que conta com uma escova central, que é acionada em contato com pata.  O produto funciona a pilha.

“A pata do animal é introduzida no recipiente, juntamente com água e itens para higienização de forma simples. Ao retirar a patinha, o excesso de água pode ser contido com o auxílio de uma tira atoalhada, fixa às laterais do aparelho, como se fossem orelhas”, explica Maria de Fátima.

 O “higienizador de patas portátil” pode vir acompanhado por um recipiente menor, acoplado ao principal, no qual poderá haver lenções umedecidos ou similares. O produto pode ser customizado de modo a apresentar as características e formato dos animais. Já a parte superior (opcional) pode ter a configuração de um chapéu, gerando assim um atrativo que irá estimular as crianças a participarem dos cuidados com os pets. O produto pode ser comercializado com a opção de refil (de escovas, de lenços, etc.).

“Minha inspiração veio da constatação de que era muito difícil, ineficiente e nada prática a higienização das patas dos cães após os passeios diários. Ter que lavar em ambientes inadequados ou passar panos umedecidos em casa pata desestimulava o passeio. Por outro lado, o passeio e a higienização posterior são essenciais para a saúde e bem-estar de todos”, comenta a inventora.

O “higienizador de patas portátil” já foi registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) por Maria de Fátima. Hoje, a inventora busca por investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento.

Saiba mais – Confira a matéria que o programa “Ideias & Invenções”, da ANI, publicou sobre o “higienizador de patas portátil”.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado.

Site: www.inventores.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO